cpanel – Zocka http://www.zocka.com.br Hospedagem de Sites e Servidores. Thu, 21 Jun 2018 02:26:52 +0000 pt-BR hourly 1 Como usar o CloudFlare no Cpanel http://www.zocka.com.br/2017/01/como-usar-o-cloudflare-no-cpanel/ Tue, 03 Jan 2017 15:34:16 +0000 http://www.zocka.com.br/?p=1747 O CloudFlare é um serviço de CDN que faz cache dos seus dados e e distribui esse cache em vários servidores, com isso melhora o desempenho do servidor e aumenta o desempenho dos sites. Com o CloudFlare ativo os sites podem ter uma melhora no desempenho de 30%, além disso, utilizando o CloudFlare o trafego do site pode ser filtrado, diminuindo o consumo de recursos por redes e computadores zumbis… Como ativar o CloudFlare no Cpanel com Tema Paper_lanter 1 – Acesse o cpanel da conta desejada 2 – Navegue até a categoria software e clique no icone “CloudFlare” 3 – Na tela seguinte, você poderá fazer login (caso já tenha cadastro no CloudFlare) e se não tiver cadastro, basta clicar no link “Sign Up” Se você precisar fazer o cadastro é bem rápido, vai precisar apenas informar uma conta de email e senha…Se já tiver um cadastro, basta informar o email e senha e pronto. 4 – Após fazer login, você deve ativar o CloudFlare clicando no botão “Provision Domain With CNAME Setup” 5 – Depois que ativar o CloudFlare, ele já configura a zona de dns, recomendamos que ative a opção “Enable I’am Under Attack Mode”, isso deve filtrar eventuais ataques e diminuir o consumo excessivo de recursos do site. Após 24 horas ativado, você poderá verificar as estatísticas de acesso. Poderá obter mais informações sobre o uso do CloudFlare nesse Link (Em inglês): https://blog.cloudflare.com/cloudflare-tips-recommended-steps-after-activ/

The post Como usar o CloudFlare no Cpanel appeared first on Zocka.

]]>
O CloudFlare é um serviço de CDN que faz cache dos seus dados e e distribui esse cache em vários servidores, com isso melhora o desempenho do servidor e aumenta o desempenho dos sites. Com o CloudFlare ativo os sites podem ter uma melhora no desempenho de 30%, além disso, utilizando o CloudFlare o trafego do site pode ser filtrado, diminuindo o consumo de recursos por redes e computadores zumbis…

Como ativar o CloudFlare no Cpanel com Tema Paper_lanter

1 – Acesse o cpanel da conta desejada

2 – Navegue até a categoria software e clique no icone “CloudFlare”

3 – Na tela seguinte, você poderá fazer login (caso já tenha cadastro no CloudFlare) e se não tiver cadastro, basta clicar no link “Sign Up”

Se você precisar fazer o cadastro é bem rápido, vai precisar apenas informar uma conta de email e senha…Se já tiver um cadastro, basta informar o email e senha e pronto.

4 – Após fazer login, você deve ativar o CloudFlare clicando no botão “Provision Domain With CNAME Setup”

5 – Depois que ativar o CloudFlare, ele já configura a zona de dns, recomendamos que ative a opção “Enable I’am Under Attack Mode”, isso deve filtrar eventuais ataques e diminuir o consumo excessivo de recursos do site.

Após 24 horas ativado, você poderá verificar as estatísticas de acesso.

Poderá obter mais informações sobre o uso do CloudFlare nesse Link (Em inglês):

https://blog.cloudflare.com/cloudflare-tips-recommended-steps-after-activ/

The post Como usar o CloudFlare no Cpanel appeared first on Zocka.

]]>
Drupal, Já ouviu falar desse ótimo CMS Gratuito? http://www.zocka.com.br/2014/05/drupal-ja-ouviu-falar-desse-otimo-cms-gratuito/ Fri, 16 May 2014 18:50:46 +0000 http://www.zocka.com.br/?p=1295 Drupal é um software open source, que pode ser utilizado por indivíduos ou grupos de usuários – que não possuem habilidades técnicas para criar e gerenciar facilmente muitos tipos de sites. O aplicativo inclui uma plataforma de gerenciamento de conteúdo e uma estrutura de desenvolvimento. Drupal pode ser usado em Blog, sites pessoais ou corporativos, portais, fóruns, e-commerce locais, intranet, diretórios de recursos e redes sociais locais. É escrito em linguagem de programação PHP , pode ser instalado manualmente via download no site dos desenvolvedores ou se preferir poderá fazer a instalação com um clique com o Softaculous de nossas Revendas de Hospedagem Linux Cpanel e Hospedagem de Sites Linux. O software suporta gerenciamento de conteúdo, criação colaborativa, boletins de notícias, podcasts, galerias de imagens, P2P,  upload de arquivos ou downloads e muito mais. Por ser desenvolvido em PHP, o Drupal é independente de sistema operacional. No entanto, requer um servidor HTTP compatível com PHP, como o Servidor Apache e um Servidor de banco de dados como o MySQL, é recomendado para seu funcionamento. O Drupal é comumente descrito como um Framework de Gerenciamento de Conteúdo, pois além de oferecer as funcionalidades básicas de um CMS ele também implementa uma série de APIs robustas e apresenta uma estrutura modular que facilita o desenvolvimento de módulos extensivos. Características Marcantes:  Gerenciamento de conteúdo Através de uma simples interface baseada no seu navegador, membros podem publicar para vários módulos de conteúdo: histórias, blogs, enquetes, imagens, fóruns, downloads, etc. Administradores podem escolher entre múltiplos temas ou criar o seu próprio para dar ao site uma aparência única. O sistema de classificação flexível permite classificações hierárquicas, indexação cruzada de textos e definição de múltiplas categorias para a maioria dos tipos de conteúdo. O acesso ao conteúdo é controlado através de definições de papéis pelo administrador. Páginas do site podem exibir mensagens por tipo de módulo ou conteúdo categorizado, com exportação em RSS separada por cada tipo de exibição. Usuários também podem fazer busca por palavra chave em todo o site. Blog Uma instalação simples pode ser configurada como um blog pessoal único ou vários blogs pessoais. O Drupal suporta a API do Blogger, provê alimentadores RSS para todos os blogs individualmente e pode ser configurado para pingar diretórios de blogs como por exemplo, blogs e weblogs.com quando um novo conteúdo é postado na página principal. Comunidade baseada em discussões Um site que usa Drupal pode agir como um site de notícias semelhante ao Slashdot e/ou fazer uso de um fórum de discussão tradicional. Quadros de comentários anexados na maioria dos tipos de conteúdo, fazem com que os usuários possam discutir facilmente novas mensagens. Colaboração Usado para gerenciar a construção do Drupal, o módulo de projeto é apropriado para ser usado em outros projetos de software de código aberto. O módulo book, similar a um wiki colaborativo inclui um controle de versão que permite a grupos criarem, revisarem e mantenham documentos ou quaisquer outros tipos de textos facilmente. Se você deseja modificar algumas características ou criar algo novo, como uma tradução, a comunidade Drupal vai recebê-lo muito bem. Módulos O core do Drupal foi bem projetado com um sistema de ganchos conhecido como hooks (ou callbacks), que permitem que módulos insiram funcionalidades dentro do Drupal. Módulos incluídos no core do Drupal liberam usuários para: Criar, revisar e categorizar conteúdo Buscar conteúdo Postar comentários Participar de fóruns Votar em enquetes Trabalhar em colaboração escrevendo projetos Criar e visualizar páginas de perfil pessoal Comunicar entre si ou com outros administrados de websites Mudar o visual do site através do gerenciador de temas Construir menus de navegação de vários níveis Usuários do mesmo site podem navegar com seus idiomas locais Prover leitor de notícias RSS feeds Registrar e gerenciar contas de usuários Criar granularmente regras para usuários dando permissão para funcionalidades específicas do site Usar regras de acesso para proibir acessos específicos através dos usuários, emails, e endereços IPs. Prover estatísticas e relatórios para administração Gerenciar cache e throttling, técnica utilizada para desabilitar recursos quando o site estiver com alto tráfego Construir específicas regras para filtros de conteúdo Sistema de URL amigável que permite lembrar facilmente (ex: “www.mysite.com/products” melhor que “www.mysite.com/?q=node/432) O Drupal possui milhares de módulos livres e gratuitos escritos pela própria comunidade, como: Sistemas para E-Commerce Workflows personalizados Galeria de Fotos Organic groups Google sitemaps Amazon Items Mailing list management Integration with CVS Usabilidade Para os desenvolvedores o Drupal objetiva um sistema de desenvolvimento que seja: Bem equipado com um sistema de “ganchos” que permita entendimento instantâneo para abranger a maioria dos objetivos de codificação previstos que envolvam interações com os elementos do núcleo Para os administradores o Drupal tem como objetivo produzir soluções que sejam: Fácil de instalar e configurar, de forma que seja mínimo o conhecimento técnico específico. Intuitivo e auto-explicativo, de forma que os administradores possam facilmente encontrar as opções de configuração que precisam. Altamente configurável, de forma que os administradores possam exibir a interface que eles desejam. Para os usuários, todos os elementos da interface de usuário devem ser: Intuitivo e auto-explicativo de forma que os usuários, com o mínimo de experiência prévia, possam facilmente descobrir, navegar e usar as funcionalidades. Organizado de tal forma que os usuários não tenham dificuldades de identificar o essencial do não essencial. Princípios Modular e extensível O Drupal tem por objetivo prover um núcleo leve e poderoso que suporte ser estendido através de módulos personalizados. Qualidade de codificação Alta qualidade, elegância e código documentado é uma prioridade sobre funcionalidades desordenadas. Baseado em padrões O Drupal suporta padrões consolidados e emergentes. Padrões específicos incluem XHTML e CSS. Demanda de poucos recursos Para garantir excelente desempenho, o Drupal preza pelo código resumido (por exemplo, minimizando o uso de consultas a bancos). O Drupal também deve requerer o mínimo de software no lado do servidor, fazendo uso dos largamente utilizados. Especificamente, o Drupal deve funcionar corretamente em um servidor com Apache, PHP e tanto MySQL como PostgreSQL. Código aberto O Drupal é baseado na filosofia de colaboração de software livre através do código aberto, bem como é liberado sob a licença GPL. O Drupal em si é código aberto e construído e suportado sob outros projetos de código aberto. Especificamente o Drupal é codificado na linguagem de código aberto PHP e tem como formato primário de fonte de dados os bancos de dados de código aberto MySQL e PostgreSQL. Facilidade de uso O Drupal tem por objetivo uma alta qualidade da usabilidade para desenvolvedores, administradores e usuários. Colaboração O desenvolvimento do Drupal se baseia no compartilhamento de informação de forma aberta.

The post Drupal, Já ouviu falar desse ótimo CMS Gratuito? appeared first on Zocka.

]]>
Drupal é um software open source, que pode ser utilizado por indivíduos ou grupos de usuários – que não possuem habilidades técnicas para criar e gerenciar facilmente muitos tipos de sites. O aplicativo inclui uma plataforma de gerenciamento de conteúdo e uma estrutura de desenvolvimento.

Drupal pode ser usado em Blog, sites pessoais ou corporativos, portais, fóruns, e-commerce locais, intranet, diretórios de recursos e redes sociais locais.

É escrito em linguagem de programação PHP , pode ser instalado manualmente via download no site dos desenvolvedores ou se preferir poderá fazer a instalação com um clique com o Softaculous de nossas Revendas de Hospedagem Linux Cpanel e Hospedagem de Sites Linux. O software suporta gerenciamento de conteúdo, criação colaborativa, boletins de notícias, podcasts, galerias de imagens, P2P,  upload de arquivos ou downloads e muito mais.

Por ser desenvolvido em PHP, o Drupal é independente de sistema operacional. No entanto, requer um servidor HTTP compatível com PHP, como o Servidor Apache e um Servidor de banco de dados como o MySQL, é recomendado para seu funcionamento.

O Drupal é comumente descrito como um Framework de Gerenciamento de Conteúdo, pois além de oferecer as funcionalidades básicas de um CMS ele também implementa uma série de APIs robustas e apresenta uma estrutura modular que facilita o desenvolvimento de módulos extensivos.

Características Marcantes: 

Gerenciamento de conteúdo

Através de uma simples interface baseada no seu navegador, membros podem publicar para vários módulos de conteúdo: histórias, blogs, enquetes, imagens, fóruns, downloads, etc. Administradores podem escolher entre múltiplos temas ou criar o seu próprio para dar ao site uma aparência única. O sistema de classificação flexível permite classificações hierárquicas, indexação cruzada de textos e definição de múltiplas categorias para a maioria dos tipos de conteúdo. O acesso ao conteúdo é controlado através de definições de papéis pelo administrador. Páginas do site podem exibir mensagens por tipo de módulo ou conteúdo categorizado, com exportação em RSS separada por cada tipo de exibição. Usuários também podem fazer busca por palavra chave em todo o site.
Blog
Uma instalação simples pode ser configurada como um blog pessoal único ou vários blogs pessoais. O Drupal suporta a API do Blogger, provê alimentadores RSS para todos os blogs individualmente e pode ser configurado para pingar diretórios de blogs como por exemplo, blogs e weblogs.com quando um novo conteúdo é postado na página principal.
Comunidade baseada em discussões
Um site que usa Drupal pode agir como um site de notícias semelhante ao Slashdot e/ou fazer uso de um fórum de discussão tradicional. Quadros de comentários anexados na maioria dos tipos de conteúdo, fazem com que os usuários possam discutir facilmente novas mensagens.
Colaboração
Usado para gerenciar a construção do Drupal, o módulo de projeto é apropriado para ser usado em outros projetos de software de código aberto. O módulo book, similar a um wiki colaborativo inclui um controle de versão que permite a grupos criarem, revisarem e mantenham documentos ou quaisquer outros tipos de textos facilmente.

Se você deseja modificar algumas características ou criar algo novo, como uma tradução, a comunidade Drupal vai recebê-lo muito bem.

Módulos

O core do Drupal foi bem projetado com um sistema de ganchos conhecido como hooks (ou callbacks), que permitem que módulos insiram funcionalidades dentro do Drupal.

Módulos incluídos no core do Drupal liberam usuários para:

  • Criar, revisar e categorizar conteúdo
  • Buscar conteúdo
  • Postar comentários
  • Participar de fóruns
  • Votar em enquetes
  • Trabalhar em colaboração escrevendo projetos
  • Criar e visualizar páginas de perfil pessoal
  • Comunicar entre si ou com outros administrados de websites
  • Mudar o visual do site através do gerenciador de temas
  • Construir menus de navegação de vários níveis
  • Usuários do mesmo site podem navegar com seus idiomas locais
  • Prover leitor de notícias RSS feeds
  • Registrar e gerenciar contas de usuários
  • Criar granularmente regras para usuários dando permissão para funcionalidades específicas do site
  • Usar regras de acesso para proibir acessos específicos através dos usuários, emails, e endereços IPs.
  • Prover estatísticas e relatórios para administração
  • Gerenciar cache e throttling, técnica utilizada para desabilitar recursos quando o site estiver com alto tráfego
  • Construir específicas regras para filtros de conteúdo
  • Sistema de URL amigável que permite lembrar facilmente (ex: “www.mysite.com/products” melhor que “www.mysite.com/?q=node/432)

O Drupal possui milhares de módulos livres e gratuitos escritos pela própria comunidade, como:

  • Sistemas para E-Commerce
  • Workflows personalizados
  • Galeria de Fotos
  • Organic groups
  • Google sitemaps
  • Amazon Items
  • Mailing list management
  • Integration with CVS

Usabilidade

Para os desenvolvedores o Drupal objetiva um sistema de desenvolvimento que seja:

  • Bem equipado com um sistema de “ganchos” que permita entendimento instantâneo para abranger a maioria dos objetivos de codificação previstos que envolvam interações com os elementos do núcleo

Para os administradores o Drupal tem como objetivo produzir soluções que sejam:

  • Fácil de instalar e configurar, de forma que seja mínimo o conhecimento técnico específico.
  • Intuitivo e auto-explicativo, de forma que os administradores possam facilmente encontrar as opções de configuração que precisam.
  • Altamente configurável, de forma que os administradores possam exibir a interface que eles desejam.

Para os usuários, todos os elementos da interface de usuário devem ser:

  • Intuitivo e auto-explicativo de forma que os usuários, com o mínimo de experiência prévia, possam facilmente descobrir, navegar e usar as funcionalidades.
  • Organizado de tal forma que os usuários não tenham dificuldades de identificar o essencial do não essencial.

Princípios

Modular e extensível
O Drupal tem por objetivo prover um núcleo leve e poderoso que suporte ser estendido através de módulos personalizados.
Qualidade de codificação
Alta qualidade, elegância e código documentado é uma prioridade sobre funcionalidades desordenadas.
Baseado em padrões
O Drupal suporta padrões consolidados e emergentes. Padrões específicos incluem XHTML e CSS.
Demanda de poucos recursos
Para garantir excelente desempenho, o Drupal preza pelo código resumido (por exemplo, minimizando o uso de consultas a bancos). O Drupal também deve requerer o mínimo de software no lado do servidor, fazendo uso dos largamente utilizados. Especificamente, o Drupal deve funcionar corretamente em um servidor com Apache, PHP e tanto MySQL como PostgreSQL.
Código aberto
O Drupal é baseado na filosofia de colaboração de software livre através do código aberto, bem como é liberado sob a licença GPL. O Drupal em si é código aberto e construído e suportado sob outros projetos de código aberto. Especificamente o Drupal é codificado na linguagem de código aberto PHP e tem como formato primário de fonte de dados os bancos de dados de código aberto MySQL e PostgreSQL.
Facilidade de uso
O Drupal tem por objetivo uma alta qualidade da usabilidade para desenvolvedores, administradores e usuários.
Colaboração
O desenvolvimento do Drupal se baseia no compartilhamento de informação de forma aberta.

The post Drupal, Já ouviu falar desse ótimo CMS Gratuito? appeared first on Zocka.

]]>
Revenda Linux com Construtor RVSiteBuilder PRO e Softaculous Premium http://www.zocka.com.br/2014/05/revenda-linux-com-construtor-rvsitebuilder-pro-e-softaculous-premium/ Mon, 12 May 2014 22:28:06 +0000 http://www.zocka.com.br/?p=1292 Conheça nossa Revenda Linux, disponibilizamos construtor de site RVSiteBuilder por R$29,90/mês incluindo softaculous premium, DNS próprio no Brasil e WHM/Cpanel A Revenda de Hospedagem Linux é perfeita para você que é um empreendedor que já trabalha com Hospedagem de sites ou para quem está iniciando nesse ramo próspero e lucrativo. São muitos os benefícios para quem utiliza a Revenda de Hospedagem, pois se você é Web designer por exemplo, poder oferecer essa opção para os seus clientes, agregando valor ao seu trabalho. Na maioria das vezes o cliente não tem experiência e não faz ideia de que além do domínio registrado ele vai precisar de um site e também precisará ter um serviço de hospedagem, e aí surgem muitas dúvidas, o que é hospedagem? Quem contratar? Como contratar? Muitos clientes não querem estes transtornos, e sim soluções rápidas e conveniente para ver seu site funcionando e não se incomodam em pagar por um bom serviço prestado. Aí entra o empreendedor que já se prepara para oferecer um pacote para o cliente incluindo o projeto do site e a hospedagem e quando finaliza o projeto continua ganhando dinheiro através do valor mensal cobrado pelo serviço de hospedagem, criando um vínculo com o cliente, e não será esquecido quando este cliente decidir atualizar o site e indicar a amigos e parentes. O Diferencial de nossa Revenda de Hospedagem Linux é que disponibilizamos vários recursos adicionais totalmente gratuitos e hoje quero destacar dois ótimos recursos que fizeram nossa Revenda Linux ser Líder em vendas nos últimos anos. Construtor de sites: RVSiteBuilder Pro Um construtor de sites reduz significativamente o custo para construir e atualizar um site,  pois você mesmo poderá fazê-lo, dispensando a necessidade de contratar uma pessoa para fazer seus sites. Para você usar o nosso construtor de sites, você não paga nada além do  valor da sua Revenda Linux, isso mesmo, oferecemos o construtor de site RVSiteBuilder Pro totalmente Gratuito em nossas Revendas Linux. Muitas empresas oferecem construtores de site simples e alguns até versão demonstrativa e comprar uma versão mais elaborada, dificilmente você vai encontrar uma Revenda de Hospedagem com a versão Pro desse construtor que tem até cinco vezes mais mais recursos que o modelo mais simples. Poderá comparar os recursos nesse link abaixo: http://rvsitebuilder.com/index.php/main/public/action/view/page/feature Um outro beneficio no construtor de site que disponibilizamos gratuitamente aos clientes, está relacionado a questão de curva de aprendizagem. Quem tem tempo para aprender HTML e outros tipos de codificação do site? Com um construtor de site, você pode escolher entre milhares de modelos e opções para criar um site que se encaixe em seu negócio perfeitamente. Poderá adicionar barras laterais, formulários de contato e-mail, e uma série de outros recursos para o seu site sem ter que aprender qualquer código…Isso mesmo, com poucos cliques você vai estar editando o seu site e também para futuros clientes, e quando menos perceber estará com um negocio lucrativo graças a essa ferramenta que disponibilizamos gratuitamente em nossa revenda linux. Com o construtor de sites RVSiteBuilder Pro você poderá construir e manter seu site  moderno em questão de minutos. Além do Construtor de site, disponibilizamos a versão PREMIUM do Softaculous também sem nenhum custo. O Instalador Automático Softaculous PREMIUM permite a instalação de muitas aplicações em seu site com um único clique. A maior vantagem dele é que você não precisa entender de criação de banco de dados, mysql, permissão de usuário…etc, assim como no construtor de site, o softaculous permite a instalação de scripts que antes só podiam ser feitas por um profissional experiente. Atualmente o softaculous suporta mais de 300 scripts como o WordPress, Joomla, Drupal, OpenCart, Magento e muitos outros scripts de populares, este produto também está incluso no nosso plano de Revenda de Hospedagem Linux. Em nossos servidores, você poderá usar DNS Próprio promovendo o nome de sua Revenda de Hospedagem Linux. Esses são só dois dos diversos recursos que disponibilizamos em nossas Revenda de Hospedagem Linux com Painel WHM e Cpanel. Um dos maiores benefícios de tornar-se um Revendedor de Hospedagem Linux  é que você não precisa se preocupar com aspectos técnicos relacionados ao gerenciamento de servidor. Você só precisa se concentrar em gerenciar seus clientes.

The post Revenda Linux com Construtor RVSiteBuilder PRO e Softaculous Premium appeared first on Zocka.

]]>

Conheça nossa Revenda Linux, disponibilizamos construtor de site RVSiteBuilder por R$29,90/mês incluindo softaculous premium, DNS próprio no Brasil e WHM/Cpanel

Revenda de Hospedagem Linux é perfeita para você que é um empreendedor que já trabalha com Hospedagem de sites ou para quem está iniciando nesse ramo próspero e lucrativo.

São muitos os benefícios para quem utiliza a Revenda de Hospedagem, pois se você é Web designer por exemplo, poder oferecer essa opção para os seus clientes, agregando valor ao seu trabalho.

Na maioria das vezes o cliente não tem experiência e não faz ideia de que além do domínio registrado ele vai precisar de um site e também precisará ter um serviço de hospedagem, e aí surgem muitas dúvidas, o que é hospedagem? Quem contratar? Como contratar?

Muitos clientes não querem estes transtornos, e sim soluções rápidas e conveniente para ver seu site funcionando e não se incomodam em pagar por um bom serviço prestado.

Aí entra o empreendedor que já se prepara para oferecer um pacote para o cliente incluindo o projeto do site e a hospedagem e quando finaliza o projeto continua ganhando dinheiro através do valor mensal cobrado pelo serviço de hospedagem, criando um vínculo com o cliente, e não será esquecido quando este cliente decidir atualizar o site e indicar a amigos e parentes.

O Diferencial de nossa Revenda de Hospedagem Linux é que disponibilizamos vários recursos adicionais totalmente gratuitos e hoje quero destacar dois ótimos recursos que fizeram nossa Revenda Linux ser Líder em vendas nos últimos anos.

Construtor de sites: RVSiteBuilder Pro

Um construtor de sites reduz significativamente o custo para construir e atualizar um site,  pois você mesmo poderá fazê-lo, dispensando a necessidade de contratar uma pessoa para fazer seus sites.

Para você usar o nosso construtor de sites, você não paga nada além do  valor da sua Revenda Linux, isso mesmo, oferecemos o construtor de site RVSiteBuilder Pro totalmente Gratuito em nossas Revendas Linux.

Muitas empresas oferecem construtores de site simples e alguns até versão demonstrativa e comprar uma versão mais elaborada, dificilmente você vai encontrar uma Revenda de Hospedagem com a versão Pro desse construtor que tem até cinco vezes mais mais recursos que o modelo mais simples.

Poderá comparar os recursos nesse link abaixo:

http://rvsitebuilder.com/index.php/main/public/action/view/page/feature

Um outro beneficio no construtor de site que disponibilizamos gratuitamente aos clientes, está relacionado a questão de curva de aprendizagem.

Quem tem tempo para aprender HTML e outros tipos de codificação do site? Com um construtor de site, você pode escolher entre milhares de modelos e opções para criar um site que se encaixe em seu negócio perfeitamente. Poderá adicionar barras laterais, formulários de contato e-mail, e uma série de outros recursos para o seu site sem ter que aprender qualquer código…Isso mesmo, com poucos cliques você vai estar editando o seu site e também para futuros clientes, e quando menos perceber estará com um negocio lucrativo graças a essa ferramenta que disponibilizamos gratuitamente em nossa revenda linux.

Com o construtor de sites RVSiteBuilder Pro você poderá construir e manter seu site  moderno em questão de minutos.

Além do Construtor de site, disponibilizamos a versão PREMIUM do Softaculous também sem nenhum custo.

Instalador Automático Softaculous PREMIUM permite a instalação de muitas aplicações em seu site com um único clique.

A maior vantagem dele é que você não precisa entender de criação de banco de dados, mysql, permissão de usuário…etc, assim como no construtor de site, o softaculous permite a instalação de scripts que antes só podiam ser feitas por um profissional experiente.

Atualmente o softaculous suporta mais de 300 scripts como o WordPressJoomlaDrupalOpenCart, Magento e muitos outros scripts de populares, este produto também está incluso no nosso plano de Revenda de Hospedagem Linux.

Em nossos servidores, você poderá usar DNS Próprio promovendo o nome de sua Revenda de Hospedagem Linux.

Esses são só dois dos diversos recursos que disponibilizamos em nossas Revenda de Hospedagem Linux com Painel WHM e Cpanel.

Um dos maiores benefícios de tornar-se um Revendedor de Hospedagem Linux  é que você não precisa se preocupar com aspectos técnicos relacionados ao gerenciamento de servidor. Você só precisa se concentrar em gerenciar seus clientes.

The post Revenda Linux com Construtor RVSiteBuilder PRO e Softaculous Premium appeared first on Zocka.

]]>
Quer administrar seu próprio blog, mas não sabe por onde começar? http://www.zocka.com.br/2014/04/quer-administrar-seu-proprio-blog-mas-nao-sabe-por-onde-comecar/ Sun, 27 Apr 2014 23:50:10 +0000 http://www.zocka.com.br/?p=1284 WordPress é uma das mais populares ferramentas de blog disponíveis. Mas o que muitas pessoas não sabem é que ele é um poderoso sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS), que pode ser usado para mais do que apenas criar blogs. Com o WordPress você pode criar um blog, um site, ou ambos. O WordPress é uma boa opção para sites de pequenas empresas. O WordPress é um software de gerenciamento de conteúdo para web, escrito em PHP com banco de dados MySQL, voltado principalmente para a criação de blogs via web. Essa é uma das ferramentas mais famosas na criação de blogs disputando diretamente com o serviço do Google chamado Blogger. No entanto, o WordPress é adotado por aqueles que queiram um blog mais profissional e com maiores recursos diferenciais, é uma ferramenta fácil de usar. O WordPress é utilizado também como plataforma de desenvolvimento de sites de comércio eletrônico, revistas, jornais, portfólio, gerenciador de projeto, diretório de eventos e outros conteúdos devido a sua capacidade de extensão através de plugins, temas e programação PHP. O WordPress possui um sistema de temas e através deste sistema os usuário pode reorganizar o layout através de widgets sem precisar editar códigos PHP ou HTML, além disso temas e plugins podem ser instalados online (sem precisar baixar para o computador do usuário). O wordpress possui uma interface simples e intuitiva, mesmo pessoas leigas são capazes de administrar seu blog sem dificuldade. E se você tinha vontade de ter um blog, mas não tem conhecimento técnico para instalar o WordPress, poderá utilizar nosso serviço de Revenda de Hospedagem Linux ou Hospedagem de Sites que ambos contam com um sistema de Auto instalação automático chamado Softaculous PREMIUM, com essa ferramenta que disponibilizamos de forma gratuita em nossos Serviços de Hospedagem, você poderá instalar o WordPress com um clique. Se você utiliza outro gerenciador de conteúdo, poderá considerar a idéia de migrar seu blog para o WordPress, veja abaixo alguns dos Recursos que o WordPress dispõe: Gerar XML, XHTML, e CSS em conformidade com os padrões W3C Gerenciamento integrado de ligações Estrutura de permalink amigável aos mecanismos de busca Suporte extensivo a plug-ins Categorias aninhadas e múltiplas categorias para artigos TrackBack e Pingback Filtros tipográficos para formatação e estilização de texto corretas Páginas estáticas Múltiplos autores Suporte a tags (desde a versão 2.3) Pode gerenciar múltiplos blogs em subpastas ou subdomínios (desde a versão 3.0) Importação e exportação de dados API de desenvolvimento de plugins Níveis, promoção e rebaixamento de usuários Campos personalizados que permitem armazenar dados extras no banco de dados Mesmo que esteja em uma viagem poderá postar em seu blog tranquilamente e com muita facilidade, usando o seu smartphone, pois há aplicações para Android, iPhone/iPod Touch, iPad, Windows Phone e BlackBerry, que oferecem acesso a alguns dos recursos do painel administrativo WordPress tanto para o WordPress.com quanto para alguns blogs WordPress.org. O WordPress atualmente suporta a importação de dados, na forma de postagens (artigos), da maioria das plataformas de publicação disponíveis. É possível importar dados exportados de outros sistemas como Blogger, WordPress.com etc. WordPress.org x WordPress.com É comum a confusão entre o WordPress.org e o WordPress.com. WordPress.org É o site comunitário do projeto do aplicativo WordPress, onde é possível fazer o download do aplicativo e contribuir com o projeto. Além de dispor o download, o portal também abriga o diretório de plugins e temas, a documentação chamada de Codex, lista de sites que utilizam o aplicativo WordPress, o Fórum de Suporte e o blog oficial. WordPress.com É um serviço de propriedade da Automattic que oferece hospedagem gratuita de blogs com software WordPress. Um usuário cria um endereço do tipo meublog.wordpress.com, mas que inclui certas limitações como a de poder escolher apenas alguns temas, ou de incluir no rodapé o texto “Hospede seu blog com WordPress.com”, e ainda de restringir a utilização de Plugins e FTP. Essas restrições podem acabar prejudicando o editor do blog, pois existem ótimos plugins que podem ser instalados e que turbinam ainda mais o gerenciamento de conteúdo e a restrição de acesso ftp e ao banco de dados do blog também é uma questão que precisa ser levada em consideração. Por isso sempre indicamos que os futuros blogueiros sempre registrem seu domínio na internet e utilizem um serviço de hospedagem confiável para gerenciar seu blog, pois dependendo do volume de postagens e de publicidade no blog, este pode ser seu patrimônio virtual, e por isso é necessário que tenha acesso ao backup de todos os dados desse patrimônio.

The post Quer administrar seu próprio blog, mas não sabe por onde começar? appeared first on Zocka.

]]>
WordPress é uma das mais populares ferramentas de blog disponíveis. Mas o que muitas pessoas não sabem é que ele é um poderoso sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS), que pode ser usado para mais do que apenas criar blogs. Com o WordPress você pode criar um blog, um site, ou ambos. O WordPress é uma boa opção para sites de pequenas empresas.

O WordPress é um software de gerenciamento de conteúdo para web, escrito em PHP com banco de dados MySQL, voltado principalmente para a criação de blogs via web. Essa é uma das ferramentas mais famosas na criação de blogs disputando diretamente com o serviço do Google chamado Blogger. No entanto, o WordPress é adotado por aqueles que queiram um blog mais profissional e com maiores recursos diferenciais, é uma ferramenta fácil de usar.

O WordPress é utilizado também como plataforma de desenvolvimento de sites de comércio eletrônico, revistas, jornais, portfólio, gerenciador de projeto, diretório de eventos e outros conteúdos devido a sua capacidade de extensão através de plugins, temas e programação PHP.

O WordPress possui um sistema de temas e através deste sistema os usuário pode reorganizar o layout através de widgets sem precisar editar códigos PHP ou HTML, além disso temas e plugins podem ser instalados online (sem precisar baixar para o computador do usuário).

O wordpress possui uma interface simples e intuitiva, mesmo pessoas leigas são capazes de administrar seu blog sem dificuldade.

E se você tinha vontade de ter um blog, mas não tem conhecimento técnico para instalar o WordPress, poderá utilizar nosso serviço de Revenda de Hospedagem Linux ou Hospedagem de Sites que ambos contam com um sistema de Auto instalação automático chamado Softaculous PREMIUM, com essa ferramenta que disponibilizamos de forma gratuita em nossos Serviços de Hospedagem, você poderá instalar o WordPress com um clique.

Se você utiliza outro gerenciador de conteúdo, poderá considerar a idéia de migrar seu blog para o WordPress, veja abaixo alguns dos Recursos que o WordPress dispõe:

Gerar XML, XHTML, e CSS em conformidade com os padrões W3C
Gerenciamento integrado de ligações
Estrutura de permalink amigável aos mecanismos de busca
Suporte extensivo a plug-ins
Categorias aninhadas e múltiplas categorias para artigos
TrackBack e Pingback
Filtros tipográficos para formatação e estilização de texto corretas
Páginas estáticas
Múltiplos autores
Suporte a tags (desde a versão 2.3)
Pode gerenciar múltiplos blogs em subpastas ou subdomínios (desde a versão 3.0)
Importação e exportação de dados
API de desenvolvimento de plugins
Níveis, promoção e rebaixamento de usuários
Campos personalizados que permitem armazenar dados extras no banco de dados
Mesmo que esteja em uma viagem poderá postar em seu blog tranquilamente e com muita facilidade, usando o seu smartphone, pois há aplicações para Android, iPhone/iPod Touch, iPad, Windows Phone e BlackBerry, que oferecem acesso a alguns dos recursos do painel administrativo WordPress tanto para o WordPress.com quanto para alguns blogs WordPress.org.
O WordPress atualmente suporta a importação de dados, na forma de postagens (artigos), da maioria das plataformas de publicação disponíveis. É possível importar dados exportados de outros sistemas como Blogger, WordPress.com etc.

WordPress.org x WordPress.com

É comum a confusão entre o WordPress.org e o WordPress.com.

WordPress.org
É o site comunitário do projeto do aplicativo WordPress, onde é possível fazer o download do aplicativo e contribuir com o projeto. Além de dispor o download, o portal também abriga o diretório de plugins e temas, a documentação chamada de Codex, lista de sites que utilizam o aplicativo WordPress, o Fórum de Suporte e o blog oficial.

WordPress.com
É um serviço de propriedade da Automattic que oferece hospedagem gratuita de blogs com software WordPress. Um usuário cria um endereço do tipo meublog.wordpress.com, mas que inclui certas limitações como a de poder escolher apenas alguns temas, ou de incluir no rodapé o texto “Hospede seu blog com WordPress.com”, e ainda de restringir a utilização de Plugins e FTP.

Essas restrições podem acabar prejudicando o editor do blog, pois existem ótimos plugins que podem ser instalados e que turbinam ainda mais o gerenciamento de conteúdo e a restrição de acesso ftp e ao banco de dados do blog também é uma questão que precisa ser levada em consideração.

Por isso sempre indicamos que os futuros blogueiros sempre registrem seu domínio na internet e utilizem um serviço de hospedagem confiável para gerenciar seu blog, pois dependendo do volume de postagens e de publicidade no blog, este pode ser seu patrimônio virtual, e por isso é necessário que tenha acesso ao backup de todos os dados desse patrimônio.

The post Quer administrar seu próprio blog, mas não sabe por onde começar? appeared first on Zocka.

]]>